A REALIZAÇÃO DO HOMEM ESTÁ NA INTIMIDADE COM DEUS

 


 
    Em Gênesis 2:7-17 descreve com  detalhes como o homem foi formado, e o lugar onde ele foi colocado, o dever do homem nesse local, sua liberdade e o que era proibido fazer.

    O jardim era um verdadeiro paraíso um lugar de delícias, e também um lugar onde o homem aprendeu a obedecer ao seu Criador: cultivando, cuidando do jardim. A primeira ordem que o homem recebeu de Deus foi de cuidar do ambiente de encontro dele com o seu Criador. O primeiro relacionamento do homem foi com o seu Criador. Nessas passagens citadas anteriormente, Deus nos deixa alguns conselhos para quem está solteiro. Um deles é cuidar do jardim (lugar de intimidade com Deus). Para isso é necessário santificação (separação). “Segui a paz e a santificação sem a qual ninguém verá o Senhor” (Hb.12:14). Sem a santificação é impossível se relacionar com Deus, é impossível ter comunhão com o Criador. Segundo conselho é buscar a Deus de todo coração, “Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo vosso coração” (Jr.29:13).

    O homem solteiro não deve dividir seu coração com ninguém, enquanto não chegar sua companheira. O coração dele deve ser inteiramente de Deus; seu tempo, sua dedicação, deve ser toda para o seu Senhor. O solteiro deve ser completamente do Senhor.  O verdadeiro casamento, abençoado por Deus é composto por duas pessoas que são completas em Deus. Pessoas que encontraram em Deus o motivo real da sua alegria, e por isto elas depositam em Deus e não no cônjuge, a sua esperança. Então, ser solteiro, meu irmão, ser solteira, minha irmã, consiste em ser completo(a)!


 
     Irº. Marcos Vinícius Ramá – Petrópolis – RJ

a-vida-de-um-solteiro-cristc3a3o.jpg
240819-uTbUsOQtPDd4H.jpg