PAPAI GASTA DEMAIS
 
   "Filho meu, não rejeites a correção do Senhor, nem te enojes da sua repreensão. Porque o Senhor repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem." (Pv.3:11,12)
 
   Entre pré-datados e calmantes a família brasileira sofre uma mania: comprar... comprar... A falta de habilidade no lidar com as finanças pode gerar o aumento da ansiedade dos filhos. Alguns pais estão exagerando nos gastos, fazendo gastos sem condições de pagar: roupas de marca e carro novo, mas a geladeira vazia. Já vi casos de criança ficar sem alimentação adequada por falta de controle dos pais.
   Os bem intencionados que me desculpem, mas de barriga vazia não se fica em pé; a carência de certos alimentos no período da infância pode gerar dificuldades no seu desenvolvimento, problemas ligados à área de raciocínio e etc.
   O prejuízo da qualidade de vida é muito forte quando ambos, o papai e a mamãe gastam demais, a ansiedade quando muito elevada reduz a capacidade de ação adequada, o ambiente como um todo fica muito perturbado. A clareza daquilo que mais convém fazer vai ficando obscura, pois todos os membros da família ficam estressados.
  O “vírus da ansiedade” tem contaminado muitas pessoas, quando você convive de pertinho com a pessoa portadora desse malefício, você tem a sensação de absorver uma dose de amargura. Eu pessoalmente conheço o caso de um homem que morreu aos 50 anos vítima de um enfarto repentino. Estava sempre preocupado em manter em dia o aluguel e o condomínio; sempre exagerava nos gastos: carro novo, roupas de marca, refeições em restaurantes caros, enfim, acumulando muitas dívidas. Ele partiu desse mundo deixando um filho de 8 anos que chorava muito. A viúva, apaixonada, ficou tão desorientada pela perda do marido que nem levava o filho para a escola.
  Entre agiotas e empréstimos vivem aqueles que perderam o sonho das coisas simples, tais como: o cantar de um pássaro, o barulho das ondas do mar e uma poesia nova.
 
 
Pais inteligentes formam

SUCESSORES,

não herdeiros.
 
 
Irª . Margareth Miranda
(Psicóloga)

240819-uTbUsOQtPDd4H.jpg