O poder de um conselho

 

   “Na multidão de conselhos há sabedoria” (Pv.11:14). Com toda certeza a Bíblia está certa, pois é a Palavra de Deus.

   Em 2Sm.13 observamos a história de Amnom e Tamar. Amnom filho mais velho do Rei Davi se apaixonou por sua meia irmã Tamar, de tal maneira que ficou adoentado, pois não poderia tê-la. Se ele a tocasse cometeria um incesto (pecado que era proibido pela lei do Senhor -  (Lv.18:9)). Jonadabe que era primo e amigo de Amnom inicialmente parecia preocupado com a situação dele, mas logo se mostra um homem sagaz. Ele aconselha Amnom enganar a Davi, seu pai, fingindo-se doente, para assim pedir que Tamar cozinhasse para ele, a fim de ficar sozinho com ela (2Sm.13:11-19). E assim ele fez, e a violentou.

     É claro que não podemos culpar Jonadabe por tudo o que aconteceu, mas uma coisa é evidente, seu mal conselho encorajou Amnom a praticar aquele ato tão terrível. Mais tarde, Amnom foi assassinado por seu irmão Absalão, pois Tamar era filha de Davi com a mãe de Absalão (2Sm.13:28,29). E assim termina essa parte da história: um jovem morto (Amnom), uma jovem violentada (Tamar) e uma jovem assassino (Absalão).

     Infelizmente, tenho observado que nossos jovens estão sendo influenciados por pessoas que não têm bons conselhos para dar, e até mesmo por outros jovens cristãos que ainda não têm condições de aconselhar. Creio que o Senhor tem colocado em sua vida pessoas escolhidas por Ele para que nos momentos de fraqueza você possa buscar conselhos que tragam vida, e não morte. Conselhos baseados na Palavra de Deus. Em Pv. 27:6 diz: “Leais são as feridas feitas pelo que ama, porém os beijos de quem odeia são enganosos”. Não se engane com os conselhos que vão em direção às suas vontades! Em sua grande maioria vão levar você a um caminho de morte, mas os conselhos que vão contra a sua vontade, e que parecem te ferir, normalmente são dados por aqueles que te amam, e com certeza podem salvar e te conduzir à vontade de Deus. Portanto, tome cuidado! De quem você está recebendo conselhos? Eles podem salvar sua vida, mas também podem destruí-la.

Irº. Flávio Ferreira

Ramá – Petrópolis

240819-uTbUsOQtPDd4H.jpg