O SERVO ESCLARECE  

 

Não cesses de falar deste livro da lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo a tudo quanto nele está escrito; então farás prosperar o teu caminho e serás bemsucedido” (Js.1:8).  

 

 A Bíblia sem dúvida alguma é o livro dos livros! Ela é a obra que mais foi lida, impressa, vendida e comentada no mundo. Esta obra trouxe mudanças significativas ao mundo e em especial ao Ocidente.  Alguém poderia dizer que o texto em análise nos mostra o Senhor orientando Josué a meditar na Bíblia, porém isto não é verdade. Vejamos: A Bíblia é um conjunto de 66 livros, sendo 39 livros pertencentes ao Antigo Testamento e 27 livros (incluindo cartas) ao Novo Testamento. Ela foi escrita por vários autores em um período de mais ou menos 1500 anos. A cada livro o Senhor nos concedia um pouco mais de sua revelação. É evidente que quando o texto de Josué foi escrito, por volta de 1400-1370 a.C, muitos outros livros não tinham ainda sido escritos. O livro do Profeta Jeremias por exemplo, foi escrito muito tempo depois, por volta de 627-585 a.C. É óbvio que o Senhor não estava se referindo a Bíblia como conhecemos e sim ao conjunto de livros inspirados que já existiam na época de Josué. Estes eram formados por cinco livros escritos por Moisés que chamamos de Pentateuco, que são os cincos primeiros livros contidos na Bíblia. 

Fica claro que precisamos meditar dia e noite na Palavra do Senhor, mas também precisamos identificar a época em que cada livro foi escrito, para compreendermos melhor a revelação do Senhor para nós. 

Errais, não compreendendo as     

Escrituras... Mt.22:29b

Irº. Fábio Pereira - Ramá –Lt.XV 

240819-uTbUsOQtPDd4H.jpg