ENTREVISTA

O jornal O servo entrevista nesta edição, a Irª. Rosa da Comunidade Ramá de Paty do Alferes.

 

 

O servo: Paty do Alferes é um dos núcleos fisicamente mais distante da Comunidade Ramá de Niterói, o que, sem dúvida, dificulta a comunhão pessoal. Entretanto, percebemos nas conversas com os irmãos, muito dos ensinamentos do Pr. Érico. A que isso se deve?

 

Irª. Rosa: Isso é devido aos ensinamentos recebidos no início da nossa conversão, há mais ou menos 25 anos. Os programas de rádio com o Pr. Érico vieram para complementar.

 

O servo: No início do trabalho em Paty vocês trabalharam muito com crianças. Valeu a pena?

 

Irª. Rosa: Sim, pois algumas delas ainda estão conosco até hoje; e também, aprendemos muito, ao preparar as aulas.

 

O servo: Devido a vários fatores, dentre eles a distância, os irmãos de Paty não recebem com muita frequência outros líderes da Comunidade Ramá. O que os motivou a não se ligarem a outros ministérios mais próximos fisicamente de vocês?

 

 

Irª. Rosa: Os ensinamentos que recebemos nos levaram a acreditar no ministério da Comunidade Ramá, pois não vimos algo parecido em outro lugar aqui em Paty. Levamos também em consideração o trabalho em células, que achamos muito importante para o crescimento espiritual.

 

O servo: Vocês enfrentaram um tempo muito difícil que foi o período de enfermidade do ir. Nilson. Como foi esta fase?

 

Irª. Rosa: Foi uma fase em que Deus nos provou. Através desta situação aprendemos a conhecer mais a dependência de Deus. Por isto, não foi uma fase tão ruim, foi boa para o nosso crescimento em Cristo.

 

O servo: Recentemente os irmãos da Comunidade Ramá de Pendotiba visitaram os irmãos de Paty. Como foi a experiência deste trabalho em equipe?

 

Irª. Rosa: Foi muito boa, realizamos um culto ao ar livre. O Senhor nos abençoou muito; fazendo com que os irmãos daqui aprendessem mais e se sentissem animados para realizarmos mais cultos como aquele. Foi uma experiência ótima, vimos que a população presente gostou bastante. A presença de Deus naquele momento foi maravilhosa, como sempre!

 

O servo: Deixe uma palavra para os irmãos

.

 

Irª. Rosa: “Bendigo o Senhor, que me aconselha; pois até durante a noite o meu coração me ensina. O Senhor, tenho-O sempre à minha presença; estando ele à minha direita, não serei abalado. Alegra-se, pois, o meu coração, e o meu espírito exulta; até o meu corpo repousará seguro” (Sl.16:7,8,9). Irmãos, permaneçam firmes! Pois o amor de Deus é imenso! Por mais que venham as dificuldades Ele não nos abandona, cumprindo aquilo que nos foi prometido, mas no tempo certo. Precisamos entender que Ele, mais do que ninguém nos quer bem! “Entrega o seu caminho ao Senhor, confie nele e o mais ele fará.(Sl. 37:5) “...Porque obedecer é melhor do que sacrificar... (1Sm.15:22)

240819-uTbUsOQtPDd4H.jpg