HOMENS

maxresdefault (4).jpg

INCREDULIDADE

 

    A incredulidade é uma das principais barreiras que impede o homem de se relacionar com Deus, de confiar n’Ele por completo. Ela traz dúvidas a respeito de Deus, dúvida do que Ele pode fazer, dúvida de quem Ele é, ou, até mesmo dúvida da Sua existência. Mas de onde vem a incredulidade? Por que constantemente temos dúvidas a respeito das coisas de Deus? Isso não é novo. Em Gênesis 3:1 Satanás com apenas uma pergunta induziu Eva ao erro. E hoje não é diferente. A incredulidade não é a ausência de ouvir a verdade, a incredulidade começa quando damos ouvidos às mentiras. Deus é bom! Satanás diz nos nossos ouvidos: Deus realmente é bom? Se Ele é bom, por que permite que o mal venha sobre pessoas inocentes? Se Deus é bom, por que você está passando por isto?

    Se você for conversar com alguém que se diz ser cético (que duvida de Deus) ou ateu (que não crê em Deus) a base deles são perguntas. Por que isso? Por que aquilo? E é exatamente isso que produz incredulidade. Eles dão ouvido o que a filosofia diz, e tapam os ouvidos para tudo o que vem de Deus. E assim acontece também com o crente que dá credibilidade a tudo, menos a Palavra de Deus. E, assim se tornam incrédulos. E a incredulidade faz com que nos afastemos de Deus. “Tende cuidado, irmãos, jamais aconteça haver em qualquer de vós perverso coração de incredulidade que vos afaste do Deus vivo” (Hb-3:12).

    O que mais Satanás quer é que nos rebelemos contra Deus, que fiquemos questionando tudo o que Deus faz. É interessante pensar: Por que não questionamos quando ganhamos alguma coisa boa vinda de Deus? Devemos aceitar quando vier o bem, como também o mal. Porque tanto um quanto outro procedem de Deus, para mostrar Sua Soberania. “Eu formo a luz e crio as trevas; faço a paz e crio o mal; eu, o Senhor, faço todas estas coisas” (Is-45:7).

    Nós não temos controle das coisas que acontecem em nossas vidas e isso nos dá um certo medo, porque temos a tendência de querer estar no controle de tudo, se fosse assim seríamos Deus. Ficamos preocupados com o que acontecerá no dia de amanhã, se o que planejamos vai dar certo ou não. Isto mostra que não confiamos em Deus, e temos medo do que Ele vai fazer. Daí que procedem as decepções e os questionamentos. Isto nos leva a incredulidade O que devemos fazer é confessar nossa incredulidade e dar Glória a Deus por tudo o que Ele faz e tudo o que Ele é. Devemos dar Glória a Deus por Sua soberania! Quando aceitamos a Deus como Ele realmente é, nossa fé aumenta e a incredulidade é vencida.

 

Irº. Robert de Jesus Courty. Ramá – Sta. Cruz da Serra – RJ.

240819-uTbUsOQtPDd4H.jpg