Você sabia que: A igreja de Roma concordou com a deposição de um rei legítimo?

  Após cortar relações com o Império do Oriente, o Papa Gregório III, queria proteção contra seus inimigos, em especial dos lombardos, e por isso ele fez aliança com Carlos Martel, que apesar de não ser rei dos francos era quem realmente governava. Esta aliança surtiu certo efeito, porém, após a morte de Gregório e de Carlos Martel, os lombardos sobre a liderança de Luitprando marcharam em direção à Roma. Zacarias era o novo Papa e com muita habilidade política conseguiu convencer seus inimigos a desistirem de atacar Roma. O Papa Zacarias sabia que ele nem sempre conseguiria proteger Roma por meio da diplomacia, e por isso, após a morte de Luitprando, decide apelar para a antiga aliança feita entre o falecido Papa Gregório e os Francos. Quem detinha o poder entre os Francos era Pepino, o filho do falecido Carlos Martel, entretanto, o rei dos Francos era Childerico III, ele era um rei fraco e só estava no trono porque tinha o direito legal para isso e contava com o poder da família de Pepino para mantê-lo como Rei. Pepino, no entanto, não queria mais dar proteção à família real, como já era de costume de sua família, e propôs destituir Childerico do trono. Para tal tarefa ele contou com a anuência do Papa Zacarias, e isso foi feito tendo em mente o antigo pacto de proteção feito entre Roma e o falecido Carlos Martel. Desta forma, o Papa Zacarias contribuiu para a queda de um rei legítimo e para o surgimento de uma nova e poderosa dinastia que mudaria a Europa para sempre.

Irº. Fábio Pereira – Ramá – Lt.XV – B. Roxo - RJ

Fonte: Uma história do Cristianismo 3–Justo Gonzalez

Conhecendo o passado,

compreendemos o presente

e podemos vislumbrar o futuro!

240819-uTbUsOQtPDd4H.jpg