Você sabia que:

 

Houve conflito entre o Império do Oriente e a igreja do Ocidente por causa do celibato?

Isso aconteceu nos fins do século VII, quando o Imperador Justiniano II, convocou um Concílio para tratar de assuntos doutrinários, dentre estes estava a questão do casamento dos clérigos. Este ficou conhecido como Concílio em Trulho. Naquela época, prevalecia tanto nas igrejas do Oriente como nas do Ocidente, o costume de proibir os clérigos de casarem-se após terem sido consagrados para suas funções eclesiásticas. Havia, no entanto, uma diferença entre as igrejas do Ocidente e do Oriente em relação a este assunto; as igrejas do Ocidente defendiam a abstinência sexual dentre os clérigos, mesmo em relação aqueles que foram ordenados quando estavam casados. A igreja Oriental, no entanto, permitia que os clérigos que viviam nessa situação continuassem sua vida marital normalmente. O Concílio favoreceu o ponto de vista defendido pelas igrejas Orientais, entretanto, a igreja Ocidental não concordou com a decisão do Concílio e o Papa Sérgio se negou a aceitar a determinação do mesmo. O Imperador Justiniano II quis impor a decisão do Concílio por meio da força, o que provocou uma rebelião por parte do povo romano.

A situação só não piorou porque o Imperador foi deposto antes de atacar Roma. Anos mais tarde, o Imperador Justiniano II voltou ao poder, mas através da habilidade diplomática de Constantino, que era o novo Papa, o Imperador desistiu de impor a decisão do Concílio sobre a igreja Ocidental.

 

Irº. Fábio Pereira – Ramá – Belford Roxo - RJ

Fonte: Uma história do Cristianismo 3–Justo Gonzalez

Conhecendo o passado,

compreendemos o presente

e podemos vislumbrar o futuro!

240819-uTbUsOQtPDd4H.jpg