As obras da carne e o fruto do Espírito

(Gálatas 5:16-25)

 

Este texto nos exorta a andarmos no Espírito, e jamais, de maneira alguma, nunca, devemos satisfazer as vontades da carne. Sabemos que a nossa carne tem as suas próprias vontades, tais vontades nos levam a pecar contra o nosso Senhor. Porque a carne luta contra o Espírito, e o Espírito luta contra a carne, porque são opostos entre si. A nossa carne é como a terra onde nasce o capim, não precisamos plantar capim, ele por sua natureza nasce e cresce sozinho. E o pior, ele nunca para de nascer, temos que cortar sempre, ele começa a brotar e logo temos que cortá-lo. Assim são os nossos pecados, não precisamos fazer nenhum esforço para cometê-los. Basta parar um pouco, dar uma “relaxada”, que logo ele se manifesta. E é por isso que o ap. Paulo nos exorta a andarmos no Espírito, ou seja, em todo lugar, todo dia, toda hora, devemos estar andando conectados com Deus, fazendo a vontade do nosso Senhor, e assim nós não estaremos satisfazendo os desejos da nossa carne.

Em Tiago 1:15 diz: “Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado (concluído), gera a morte.” E é por isso que não podemos deixar o pecado ser gerado em nós, devemos exterminá-lo antes que ele dê à luz, ou seja, antes de tudo devemos crucificar o nosso “eu”, para que o pecado não tenha domínio sobre nós.

Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Ninguém nasce com esse fruto. Ele vem de Deus, mas depende de nós deixarmos o Espírito desenvolver o fruto. Sabemos que não vai ser fácil; é preciso nos santificarmos, crucificarmos o nosso “eu”. Cabe a nós “limparmos o terreno, tirarmos o capim”, e tudo o que possa atrapalhar o desenvolvimento do fruto do Espírito.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito” (Gl.5:25). Que Deus nos dê graça para andarmos no Espírito, renunciando o nosso “eu” todos os dias. E assim ter de Deus o fruto do Espírito em nós!

 

Irº. Robert de Jesus Courty

Ramá – Sta. Cruz da Serra

240819-uTbUsOQtPDd4H.jpg