Importância do Anfitrião no Discipulado

 

Quando começamos a discipular, devemos considerar a importância do anfitrião. Anfitrião é a pessoa que nos recebe em sua residência, que abre as portas do lar e que tem autoridade para preparar o ambiente.

Hoje em Xerém temos uma irmã que quando chegamos em sua casa, as cadeiras estão posicionadas, a água sobre a mesa, durante a semana já convidou os parentes e vizinhos, etc. Ela é um exemplo de boa anfitriã. Não é raro, às vezes, quando chegamos ao lar de alguém para realizar os ensinamentos e treinamentos do discipulado, encontrarmos um ambiente adverso, ou seja, televisão ligada, vídeo games, visitas que dificultam o encontro, etc.

Devemos orientar o anfitrião um bom tempo antes, como deve se comportar, criar um ambiente favorável para o pastor, líder ou supervisor da célula.

O insucesso da célula se dá por alguns fatores. Um deles é a escolha equivocada do lar. Por exemplo, o anfitrião é alguém que sabidamente não quer e não gosta e reunião na sua casa, porém mesmo assim o líder insiste. Vale ressaltar que há ainda o excesso de zelo doméstico. Os liderados chegam e o anfitrião começa a exortar para não tocar aqui ou ali, não senta aqui, tira as sandálias para não arranhar o porcelanato, etc. Infelizmente ainda existem aqueles que querem que as portas fiquem fechadas, fato que constrange os novos a baterem na porta, ou têm que ficar gritando na porta do anfitrião.

O discipulado começa com a preparação... Prepare o anfitrião para receber seus discípulos com boa disposição, alegria e muito afeto.

Deus abençoe você no seu discipulado, principalmente na escolha dos anfitriões.

 

Pr. Marcos Paulo

Ramá – Xerém

240819-uTbUsOQtPDd4H.jpg